Motorista que atropelou e matou travesti em Sarandi é preso após denúncia - Gazeta Sarandiense - O Portal de Notícias de Sarandi-Pr

Gazeta Sarandiense - O Portal de Notícias de Sarandi-Pr

Notícias da cidade e região!

quinta-feira, 9 de maio de 2019

Motorista que atropelou e matou travesti em Sarandi é preso após denúncia

Foi preso no final da tarde desta quarta-feira (8), Murilo Eduardo Rolemberg Guimarães, 45 anos, suspeito de ter atropelado e matado a travesti Jhonatan Willian dos Santos Camargo, de 24 anos. Murilo estava com mandado de prisão preventiva expedido pela Primeira Vara Criminal de Sarandi. Murilo estava escondido em uma pousada na cidade de Itororó, Bahia. A prisão de Murilo aconteceu devido uma denúncia ter chego ao conhecimento do repórter André Almenara no período da manhã. O delegado da Polícia Civil de Sarandi, Adriano Garcia, recebeu do repórter a informação e localidade onde o foragido estava. O delegado imediatamente comunicou a Polícia Civil do Estado da Bahia. As Polícias Civil e Militar realizaram diligências no local informado localizando Murilo Eduardo. De acordo com os policiais que participaram da prisão do foragido, Rolemberg não esboçou reação. Murilo foi encaminhado para a delegacia do Estado da Bahia. O homem que é acusado de matar a travesti dirigia uma carreta da empresa no dia 30 de março. A carreta foi vista parando na avenida Antônio Volpato em Sarandi buscando a travesti. A vítima sobe na carreta e aceita um programa amoroso. No Jardim Bela Vista, Murilo parou a carreta em uma rua do bairro. Após uma discussão entre o motorista e a travesti na cabine da carreta, Patrícia Rafaela como era chamada foi atropelada propositalmente. A travesti ficou no meio da rua agonizando até a morte. Imagens de câmeras de segurança ajudaram a Polícia Civil de Sarandi no esclarecimento do crime de homicídio. O delegado Adriano Garcia e equipe conseguiram provas importantes que incriminam Murilo Eduardo. O delegado disse que a chance do preso ser transferido para a cadeia de Sarandi é mínima. Reportagem: André Almenara

Nenhum comentário:

Postar um comentário